Vice-Prefeita de Acopiara e primeira-dama do município participam do lançamento do Projeto Nascer no Ceará

A vice-prefeita de Acopiara e médica obstetra, Dra. Ana Patrícia, juntamente com a Primeira-Dama e presidente da APDM.Ce, Rosa Almeida, participaram na manhã desta segunda-feira, 26, do lançamento do Projeto Nascer no Ceará viabilizado através do programa estadual Mais Infância Ceará realizado no Palácio da Abolição, em Fortaleza.

O projeto Nascer no Ceará pretende colocar em prática protocolos de atendimento com foco no interior do Estado tendo por objetivo capacitar os profissionais e acompanhar a gestação, garantir a realização dos exames, o parto, o pós-parto e os dois primeiros anos de vida da criança. Posteriormente, monitorar os indicadores e conseguir reduzir ainda mais a taxa de mortalidade infantil. Essa linha de cuidados inclui ainda atenção ao desenvolvimento nutricional, psicomotor e psicossocial da criança.

Em todo estado serão investidos mais de 11 milhões de reais por parte do governo estadual na organização da linha de cuidado materno infantil nas cinco macrorregiões do Ceará. Por meio de ações como elaboração de protocolos, qualificação dos profissionais de saúde (médicos e enfermeiros) e contratação de gerentes e consultores das macrorregionais.

Aos municípios beneficiados com o projeto cabe uma leque de responsabilidades como a realização dos exames pré-natais listados no protocolo, fazer a vinculação das gestantes de alto risco as policlínicas regionais, instituir um gerente municipal para o programa, monitorar e avaliar os indicadores da gestante do programa no município, entre outras atribuições.

Durante o lançamento, a vice-prefeita e a primeira-dama estiveram acompanhadas do Dr. Carlos Augusto- Diretor da MEAC, do médico Dr. Jader, vice presidente da SOCEGO e ainda do Dr Marcos Alencar- presidente da Coopego.

No encontro foi distribuída um guia que servirá de diretriz clínica para orientar os profissionais da atenção primária nos cuidados com gestantes e crianças até dois anos de idade visando garantir a melhor atenção e a melhor assistência à saúde na gestação, no pré-parto e no pós-parto.

 

Acessibilidade