Prefeitura de Acopiara e Comitê Municipal de Combate as arboviroses realizam Fórum Municipal da Sociedade Civil

Foi realizado na manhã da última quarta-feira, 06 de dezembro, no Núcleo de Artes, próximo ao Banco do Brasil, o Fórum Municipal da Sociedade Civil, com o tema “Desafios e perspectivas no combate as arboviroses em Acopiara. O Evento foi realizado pela Prefeitura municipal, através da secretaria de Saúde em parceria com o Comitê Municipal de Combate as arboviroses, do qual  fazem parte do Conselho representantes de todas as secretarias, e o mesmo é coordenado pelo chefe de gabinete, Gleirton Dias.

Na ocasião teve uma peça teatral do grupo Elo Vanguarda, com um monólogo sobre o mosquito do aedes aegypti, causador das doenças dengue, zica e chikungunya. Logo após a apresentação da peça, teve uma palestra com a coordenadora regional de Saúde do 18º CRES, Dra. Teresa Cristina, que explanou para os presentes dados de infestação das doenças no Brasil no ano de 2016 e 2017, de acordo com as pesquisas realizadas, e a queda dos casos de dengue, zica e chikungunya no Brasil e no município de Acopiara.  Ela falou também sobre a importância dos trabalhos dos agentes de saúde e de endemias, que devem continuar realizando as atividades de combate, para diminuir a proliferação dessas doenças.

Em seu discurso, a secretária de Saúde Dra. Luciane Tavares disse que a secretaria de Saúde e as demais secretarias e a sociedade civil devem trabalhar juntos, só assim vão conseguir trabalhar a erradicação de controlar e eliminar o mosquito. “Estamos com o nosso plano de enfrentamento às arboviroses para 2018 pronto, mas sozinhos não vamos conseguir nada.” Disse.

O Prefeito de Acopiara Antônio Almeida Neto falou sobre a reunião que teve com o governador e da participação dele no movimento dos prefeitos na luta contra as arboviroses no Ceará. Além disso, falou também sobre a criação do comitê na sua Administração e do envolvimento de toda a população acopiarense em prol de trabalhar essa problemática.” Nós temos 100% de visitas domiciliares realizadas e temos índice 0 de infestação no nosso município. Isso é a prova da união que faz a força, e é com a união que a gente consegue atingir os nossos objetivos, que não era fáceis naquele momento.” Falou.

Depois do discurso das autoridades presentes, teve uma roda de conversa, a qual foi debatida sobre o assunto com representantes da sociedade civil.

Estiveram presentes, além do Prefeito municipal Antônio Almeida Neto, o coordenador do Comitê e chefe de gabinete Gleirton Dias, os secretários municipais Luciane Tavares (Saúde), Fábia Almeida (Trabalho e Desenvolvimento Social), Robinho Almeida (Educação), Teixeira Neto (Infraestrutura), Anderson Aragão (Finanças), Chagas Neto (Meio Ambiente), o superintendente da STTrans Kelsen Nogueira, o comandante da Guarda Civil Júnior Pereira, o vereador Ricardo Costa, a coordenadora regional de Saúde do 18ª Cres Dra. Teresa Cristina, o técnico da 18ª Cres Ivan Eduardo, o representante da sociedade civil o empresário José Leite, agentes de saúde e de endemias, equipe da vigilância sanitária, coordenadores, diretores, servidores e sociedade civil.

Assessoria de Comunicação- PMA

Acessibilidade